Topo
Blog do Orlando

Blog do Orlando

Categorias

Histórico

faz 40 anos que picasso, até que enfim, voltou para a fase azul

Orlando

08/04/2013 08h00

andy warhol pode ter sido o pai do pop mas, talvez, nenhum outro artista plástico tenha tido tanta influência sobre a ilustração, o cartum, a caricatura e a charge quanto o espanhol pablo diego josé francisco de paula juan nepomuceno maría de los remedios cipriano de la santísima trinidad ruiz y picasso, o picasso.

de steinberg, passando por ziraldo, millor e tantos outros, o trabalho do pintor cruzou fronteiras e popularizou a liberdade de se desenhar, deformar e geometrizar as imagens influenciando o desenho de gerações de artistas gráficos. popular e ainda assim, extremamente sofisticado, picasso reina por sua genialidade e pela compulsão pelo desenho, pela descoberta de formas, pela junção de materiais inusitados.
e muito pelo humor que conseguia imprimir em seu trabalho mesmo quando tivesse a carga dramática de um guernica, por exemplo.

hoje, dia 8 de abril, comemoramos (?) 40 anos da morte do artista. o título do post, aliás, é uma referência ao texto de um antológico cartum do grande geandré que mostrava picasso sendo recebido por s. pedro no céu.
aqui, uma pequena homenagem de cartunistas e caricaturistas que, como eu, pagam um pau, sem trocadilho, para o velho e bom pablito:

 

 

adão iturrusgarai

 

airon

 

ariel fajtlowicz

 

baptistão

 

cavalcante

 

cesar marchesini

 

daniel gnattali

 

eduardo nunes

 

eduardo ramuski

 

fabio moon

 

guazzelli

gustavo duarte

 

 

guto lacaz

 

índio san

 

j. bosco

junior lopes

 

 

lula

 

mandrade

 

marco carillo

 

marco jacobsen

 

milton trajano

 

negreiros

 

orlando

 

renata polydoro

rico

 

 

santiago

 

luiz solda

 

thiago soares

 

tiago recchia

 

waldez

 

walter vasconcelos

 

 

Sobre o autor

Orlando Pedroso é artista gráfico e ilustrador, trabalhou com praticamente todas as publicações da grande imprensa. Foi colaborador da Folha de S. Paulo de 1985 a 2011. Ilustrou mais de 60 livros infanto-juvenis e é co-autor de “Livro dos Segundos Socorros” e “Não Vou Dormir” – finalista do prêmio Jabuti de 2007 nas categorias “ilustração” e “melhor livro”. Foi vencedor do Prêmio HQ Mix de melhor ilustrador nos anos de 2001, 2005 e 2006. Expôs nas mostras individuais como “Como o Diabo Gosta”(1997) , “Olha o Passarinho!”(2001), “Uns Desenhos” e “Ôtros Desenhos” (2007). Em 2008, faz uma exposição retrospectiva de 30 anos de trabalho como artista convidado do 35º Salão de Humor de Piracicaba.- É autor dos livros Moças Finas, Árvres e do infantil Vida Simples, e membro do conselho da SIB – Sociedade dos Ilustradores do Brasil.

Sobre o blog

Este blog trata de artes gráficas, ilustração, cartum, quadrinhos e assuntos aleatórios.