Blog do Orlando

Categorias

Histórico

céu d'ellia lança nova aventura em quadrinhos hoje em sp

Orlando

09/12/2013 10h14

Ceu 01

céu d’ellia é um dos mais reconhecidos ilustradores e diretores de animação do brasil.
premiado e sempre envolvido com questões do bem estar humano e do planeta, lança agora uma nova aventura em quadrinhos: zu kikkajú.
para entender, leia a entrevista abaixo:

blogdoorlando – o que quer dizer zu kinkajú?
Céu D’Ellia – É uma maneira de dizer Kinkajou Azul. E a coisa daí pra frente é intrincada. Kinkajou Castanho é o nome popular de dois animais neotropicais muito parecidos, classificados pela Biologia, ambos da família Procionídea, o Potos e o Bassaricyon. Mas o Zu Kinkaju, além de fazer referência a elementos zoológicos, também se confunde com os Cronópios do escritor Júlio Cortázar e outros seres imaginários como o Jeep do Segar ou o Marsupilami do Franquin. Em suma, é um animal azul que vive entre as brumas do imaginário e do pouco conhecido.

Ceu 02

blogdoorlando – como é retornar a um personagem depois de tanto tempo?
Céu D’Ellia – Esse personagem me acompanha desde criança e já teve inúmeras encarnações. Mas do ponto de vista profissional, retomar uma história inacabada 13 anos depois é um desafio interessante. Você não é mais a mesma pessoa e o seu jeito de desenhar também não. Então eu precisei encontrar um estilo intermediário, pro material não ficar discrepante demais, para a história poder fluir. Outro lado, mais interessante, é que 13 anos atrás eu interrompi o trabalho porque a revista que publicava a HQ não se sustentou financeiramente. Mas eu já estava preocupado na época com a direção que a história tinha tomado. Com três capítulos já editados, impressos e na mão de leitores, eu descobri que o personagem tinha uma premissa absolutamente equivocada, estava no caminho errado. E agora eu pude retomar a história e corrigir isso. Eu não só terminei como também mudei algo do que estava feito. Talvez pareça estranha essa minha preocupação, mas é que tem aspectos dessa história que são como ficção científica. Ou seja, até certo ponto é fantasia, mas convergindo com as teorias científicas. Então agora é um alívio, uma descoberta. Encontrar um caminho para algo que parecia ter chegado a um beco sem saída. Internamente, como artista, está sendo muito bom. Abrir uma porta no meio de uma parede de granito.

blogdoorlando – ele mudou de nome mas continua com o mesmo espírito, não? o mundo mudou muito desde as primeiras publicações.
Céu D’Ellia – Penso como o James Lovelock. Quinze anos atrás eu e ele achávamos que se corrêssemos, poderia ser feito algo e o desastre evitado. Dependia de conseguirmos uma nova geração menos consumista e mais ligada na vida. Não rolou e já não há como evitar esse trem de ir pro abismo. Então, você está certo quando diz que o espírito continua o mesmo. É isso. Vão-se os nomes. A essência é o que permanece e permanecerá.

Ceu 03

blogdoorlando – hoje, palavras como ecologia, ecossistema e sustentabilidade viraram siglas que grandes corporações usam para agregar valor a suas marcas…
Céu D’Ellia – Da mesma forma como palavras como esquerda, igualdade e amor são siglas que os grandes sócios das corporações, os políticos, usam para agregar valor a suas marcas. A hipocrisia é a grande marca desta sociedade. Mas as pessoas optaram em massa pelo mundo ser dessa forma. As corporações e os políticos apenas se aproveitam dessa hipocrisia generalizada para permanecer no poder.

blogdoorlando – como esse trabalho foi viabilizado? quantas pessoas trabalharam nele e por quanto tempo?
Céu D’Ellia – Esta retomada foi viabilizada em parte pelo prêmio que recebi do Proac. Mas foi aquele piorzinho, de 2011, de 25.000 reais. Tive que de novo botar dinheiro meu no projeto, porque esse material foi desenhado quase todo no estilo BD clássico, que é mais demorado. Eu fiz quase tudo sozinho, pesquisa, texto, desenho, cor e projeto gráfico. Um assistente, Emerson Pereira, me ajudou digitalizando o traço (que foi feito no papel) e pré-colorindo e transferido o texto digital para os balões. O mestre ilustrador Angelo Bonito trabalhou comigo a quatro mãos na arte da capa. O Ale Bocci e o Calé Mazza deram uma força pra fechar os arquivos. O material de 13 anos atrás também foi feito assim, mas tive então também uma equipe de pesquisa indo atrás da parte científica. Difícil precisar o tempo de execução de um projeto interrompido. Parte do que já estava feito foi refeito e fica ainda mais difícil responder. Talvez uns nove meses de trabalho, se fosse contínuo.

blogdoorlando – há a intenção desse personagem migrar para as telas?
Céu D’Ellia – Tenho outros personagens mais voltados pra isso. Acho que o Zu Kinkaju funcionaria nas telas, mas vai depender mais do destino do que de mim.

Ceu 04

blogdoorlando – vc é ligado às questões ecológicas e, também, às espirituais. onde elas se fundem no seu trabalho?
Céu D’Elia – Elas se fundem, por exemplo, no meu minguado saldo bancário. E, bom, com 50 anos de idade, eu não sei mais separar essas coisas. Tudo que eu faço considera essas questões e, portanto também meu trabalho. Na prática, existem os três pontos éticos sobre a relação entre comunicação de massa, sociedade e ambiente que propus e ganharam um prêmio científico internacional ecológico em 95, em parceria com a bióloga Andree de Ridder. Eu sempre os levo em consideração, seja na concepção e direção do extinto NUPA, seja nessa HQ que estamos lançando. Na Nota do Autor do Zu Kinkajú eu explico um pouco mais sobre esses princípios. Afora isso, especificamente no Zu Kinkajú, eu apresentei a Meditação como um elemento narrativo pra resolver o conflito de uma das curvas dramáticas. E isso é um reflexo explicito em uma minha peça de trabalho, de como administro minhas questões interiores profundas (espirituais) com minhas ações neste mundo material (ecologia).

blogdoorlando – como vai ser o lançamento de sua revista que acontece num horário inusitado. o que as pessoas vão poder ver?
Céu D’Ellia – O lançamento vai acontecer das 15h às 22h pra dar mais oportunidade de receber as pessoas.
Quem vier vai poder ver o atelier do artista onde o trabalho foi feito. Os painéis do estúdio foram cobertos com todo tipo de material relativo a esse livro em particular. Desde desenhos que fiz dos personagens quando ainda era criança a material de pesquisa de campo, roughs e originais. Pra quem tem interesse em como uma HQ dessas é feita, é uma oportunidade boa. Vou estar direto por aqui também, autografando os livros e conversando com quem aparecer. É um lançamento estilo vernissage.

Ceu 05

serviço:

lançamento independente:
zu kinkajú
de: céu d’ellia
editora: seecond sun
48 páginas
full color
R$20
r. manuel da nóbrega, 922 – ibirapuera – sp – sp
hoje, 9/12/2013
das 15h às 22h
e-mail para compra: zukinkaju@gmail.com

Sobre o autor

Orlando Pedroso é artista gráfico e ilustrador, trabalhou com praticamente todas as publicações da grande imprensa. Foi colaborador da Folha de S. Paulo de 1985 a 2011. Ilustrou mais de 60 livros infanto-juvenis e é co-autor de “Livro dos Segundos Socorros” e “Não Vou Dormir” – finalista do prêmio Jabuti de 2007 nas categorias “ilustração” e “melhor livro”. Foi vencedor do Prêmio HQ Mix de melhor ilustrador nos anos de 2001, 2005 e 2006. Expôs nas mostras individuais como “Como o Diabo Gosta”(1997) , “Olha o Passarinho!”(2001), “Uns Desenhos” e “Ôtros Desenhos” (2007). Em 2008, faz uma exposição retrospectiva de 30 anos de trabalho como artista convidado do 35º Salão de Humor de Piracicaba.- É autor dos livros Moças Finas, Árvres e do infantil Vida Simples, e membro do conselho da SIB – Sociedade dos Ilustradores do Brasil.

Sobre o blog

Este blog trata de artes gráficas, ilustração, cartum, quadrinhos e assuntos aleatórios.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Blogs - Blog do Orlando
Topo